quarta-feira, 15 de dezembro de 2010


as afinal, o que nos pode livra da nossa infinita solidão? E desde quando fiquei tão lúcida estando assim tão bêbada? hahaha. Mas sinto que alguma coisa preciso fazer. Estou na fase decisiva da minha vida. Ou resolvo de vez o meu buraco no peito, ou ele vai acabar me sugando para dentro dele. Como um buraco negro individual e intransferível. Preciso encontrar o sol do meu universo. Para que as dores da minha vida sejam apenas satélites. Para que possa brilhar. Dizem que as estrelas são astros que têm luz própria. Preciso ser uma estrela. Para brilhar e para iluminar os outros também.



Quero fim de ano, pés descalços na areia, a brisa do mar, fim de tarde tranquilo, música boa, sem relógio, despertador ou qualquer coisa que me mostre o tempo passando. Quero sair de noite olhar pro céu e ver estrelas, ter tempo pra ver como a lua é bela, observar pessoas, rir, chorar, pensar, viver, cantar, sentir. Preciso de um tempo, preciso me reencontrar em novos caminhos e preciso disso agora.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Doce Inferno Pessoal.

Não venha me falar merda. Não diga que o amor não é importante. Você respira amor mais do que respira mentira. Não minta, não finja que o amor só é formado de ilusão. Não fuja da realidade. Não se pode mergulhar em uma piscina de mentiras, pois a água dessa piscina não existe. É mentira. Você tem que perceber isso. Respire amor. Feche os olhos. Imagine as nuvens, e pense que elas são feitas de algodão doce. Elas não são de mentira quando você acredita que elas existem.

domingo, 21 de novembro de 2010

terça-feira, 2 de novembro de 2010

O vento se calou.

O vento clamava por paz, e as borboletas pararam de voar. A chuva de amor caía, e a tempestade atingia todos que estavam por aí, por aqui, por lá, e doía. Cada gota era um raio partindo o coração em pedaços. A chuva ficava cada vez mais forte, mas a esperança ainda estava intacta. A ilusão era visível nos olhos daqueles que observavam tudo, escorrados no parapeito da janela. Tudo era bom, mas tudo era ruim também. Quando o sol se apagou, o amor passou a cair, a inundar, afogar e até salvar. Trazia sorrisos fingidos, lágrimas sofridas e fluía. As árvores pareciam dançar com a cantoria do vento. Elas pareciam chorar, e pareciam amar. O tempo passava, e as coisas já não eram as mesmas.
As pessoas estavam perdidas, pedindo algo que não chegava. Elas amavam, mas ao mesmo tempo odiavam as coisas ruins que o amor trazia. Elas não sabiam mais o que pensar.
E de repente, a esperança surgiu, as borboletas voltaram a voar e a colorir o céu, ainda cinza. A expectativa era tanta, que o amor foi esquecido. O amor se perdeu. A chuva parou de cair.

Por: Letícia Nogara.


sábado, 30 de outubro de 2010

Em meus braços eu guardo teus abraços só pra te esperar .


Minhas mãos querem tocar as suas. Do meu lado eu guardo teu lugar. Os meus olhos te vêm, sem ao menos você estar por perto. Minha boca quer gritar apenas seu nome. Não páro de pensar em você, nada que eu faça mudará minha vontade de te abraçar e finalmente agradecer por estar ao meu lado. Minha felicidade está guardada apenas pra você. E quando eu estiver presa em um mundo só meu a tua espera, eis que surgirá você, pra encher de brilho meus olhos. No mundo pode existir mais de 6 bilhões de pessoas, mas a certeza é que eu quero estar perto de apenas uma . A qual meu sorriso pertencerá a apenas ela. Minha boca apenas irá querer falar com ela. E meu mundo vai passar a ser resumido, apenas nela.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Me perdi tentando fugir, te encontrei e não voltei.


Mas agora, a cada segundo que passa, eu fujo mais, e mesmo fugindo isso não me satisfaz. *

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Baby. This is real fucked life.

A vida não é um conto de fadas, disso eu soube desde que me joguei no lixo tóxico da realidade e não saí de lá uma heroína. Na verdade, quero matar que inventou essa utopia de príncipes e princesas e o "viveram felizes pra sempre". Quero mais é viver como eu quero. Do meio jeito. Não me importo de ser feliz essa noite, e acordar triste amanhã. Antes dormir arrependida do que com vontade. Quero quebrar meu sapatinho de cristal na nuca de alguém. Agradar a todos foi algo que nunca aprendi direito.
Garotas más não vão para o céu, mas quem vai afinal?
Quem é bom realmente, se todos vivem, respiram e sentem a maldade? Essa é a humanidade. Faz e se arrepende. Me deixa ser humana, vai. Tem mais gente ruim do que boa, tem mais problema do que solução, tem mais tristeza que felicidade, tem mais realidade do que ficção.Deixa a noite cair sobre mim. Como uma serpente, me alastro pelas ruas, respirando perfume e exalando luxuria.
Acordo princesa. Coberta por cetim, de olhos cor-de-rosa e enxergando vermelho.

Bubble.

Eu cresci em uma família de pessoas legais. Não necessariamente a família inteira, mas... Minha mãe sempre foi uma pessoa legal. Então, eu aprendi a ser legal a maioria do tempo, sem pensar em com quem seria ou o porquê, eu era legal e ponto.Como uma bolha (sim, ai entra no título do post). Uma bolha de bondade envolvendo uma criança que não sabia se o que fazia era certo ou não. Fazia-o apenas por... Influencia costume?
Isso começou a me incomodar no momento em que vi que ser legal, algumas, ou na maioria das vezes não era tão bom assim. E que a maioria das pessoas não eram tão legais. No bom sentido. E que a maioria das pessoas não legais, não gostavam de pessoas legais. Acho que nem pessoas legais gostavam. Eram legais involuntariamente.E eu continuei legal por um bom tempo, até, finalmente estourar!
Não estou dizendo que era a pessoa mais sacra do mundo, e que merecia beatificação no quesito bondade e um esquife de cristal. Mas comparando a menina da bolha com a menina de fora da bolha, eu era muito... Muito legal.E ainda sou. Algumas vezes. Não o tempo todo, e nem com todo mundo. Mas, na maioria das vezes...
Como os respingos de sabão que flutuam no ar quando a bolha estoura. Um pouco desses respingos de pureza e bondade não sumiram, e correm fluidicamente pelo meu sangue. E claro, eu não saio por ai matando cãezinhos nem roubando doce de criancinhas.
Só que esperteza, malícia e mágoa são coisas pesadas demais para uma bolha de bondade.
Mas isso não impede que uma boa dose de sabão as suavize.
Aprendi que ser má, na maioria das vezes tem seus privilégios (vai dizer que nunca torceu pra algum vilão?) e não se define pessoas más ou boas.

' Definem-se humanos ou não.

Efeito Borboleta

Cresci. Mas não me sinto menos mágica.
Ainda vejo as coisas com o mesmo brilho encantado no olhar, mesmo que meus olhos estejam cansados, mesmo que eles se encham de lágrimas.Ainda acredito em um final feliz. No meu final feliz.Cresci aos 13, cresço aos 16. De três em três, talvez essa seja a senha, a sequência.
Ainda admiro o que é bom, o que é sincero, o que é doce. Ainda como uma criança, digo o que gosto e o que não gosto. Ainda canto no banho, e me lambuzo de sorvete.Porém não me esqueço de desligar o chuveiro nem de lavar as mãos.Todos crescem, envelhecem e amadurecem e não me culpe por estar sendo mais rápida que você. Sou culpada de muitas coisas, mas sei que disso não sou.E se pra crescer preciso soltar sua mão, então não vou me impedir nisso.Eu não preciso mais de cachecol para enxugar minhas lágrimas garoto malvado, nem de seus beijos para me elevar ao céu.
Sei que construindo minhas próprias asas, chegarei a muito mais longe.

Corações de Ouro em Latas de Alumínio

Longe, bem longe, talvez além e mais que além do horizonte, eles se perdem entre montanhas rochosas.
Pessoas não conseguem fazer o bem o tempo todo, mas talvez, nossos olhos descrentes de tantas feridas, subestimem, as que mais tem potencial para isso.
Maldade é algo comum, e talvez indissolvível, corre pelas veias e maliciosamente se instala em nossa mente como uma pequena semente de erva daninha que germina constante.
Não quero ser legal o tempo todo, não gosto, não consigo. Ser for pra ser bom o tempo todo, prefiro ser má pra mim, pra aumento de meu ego, pra ver bondade nos outros e admirar o que é de bom.
Mas não quero morrer malvada. Quero despertar sorrisos, alegrar o dia de alguém, sentir o calor de sentimento verdadeiro, fazer boa ação.
Quero o meio termo, não o doce ou o azedo demais. Quero o amargo, pra que no dia que der na telha jogar dois cubinhos de açúcar e fazer além da minha própria felicidade a de mais alguém.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Já deu pra perceber por hoje.Nós pareciamos até um casal feliz.Falaremos de cinema quando não tivermos mais assunto.Viveremos no nosso mundo particular.Eu sempre estarei pronto para corrigi-la,ampará-la e seguir em frente, como um poema marginal, sofreremos se for inevitáveis.Mas juntas.Choraremos se a dor for insuportável.Mas juntas.
Andaremos ombro a ombro pelas rua.Enxugaremos as lágrimas uma da outra.Nos defenderemos de tudo e de todos.Sobreviveremos em nome das belas coisas, do que nos dói e redime, escolheremos a complicidade como a nossa cura.Então continuaremos.Ninguém será maltratado pela vida.Nós enfrentaremos.Mesmo que o nosso destino seja a mais completa derrota, manteremos intacta a nossa dignidade.Iremos à luta.A partir de hoje, seremos nós contra o mundo.E não nos importaremos com o resultado.Mas tudo isso JUNTAS !

#'EU TE AMO!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010


' you say the words that I can't say.


Dizem que a vida é cheia de altos e baixos.Mas baixos do que altos,como você pode ver pela minha própria vida.Mas quando tudo estiver ruim,lembre-se destas duas palavras que formam uma palavra.GO. Vá.
Vá em frente.Escreva,desenhe,pinte,fotografe,dance,costure,atue,cante.Portanto,quando tudo estiver ruim,lembre-se destas duas letras que formam uma palavra.GO. Vá em frente.Apenas faça.



Você me encontrou e deixou que eu encontrasse você.Você, ou nós estamos fazendo as nossas vidas valerem a pena.Obrigada por acreditar em mim.Você me prova todos os dias que um encontro de verdade é possível.
O beijo pode até ser proibido.O amor pode até ser proibido.Mas nada nessa vida impede você de tentar.Acreditar.Até que alguém mostre os letreiros finais,você pode tentar quantas vezes quiser.No meu filme, a única coisa proibida é desistir.

Acordo com o ânimo renovado de quem acha que viver vale a pena.Estou feliz, de verdade, como poucas vezes estive e desejo que isso dure por bastante tempo.Sinto até medo de que algo ruim possa vir ainda.Não.Desta vez não vou deixar estragar.Vou viver e fazer isso dar certo.

Mesmo que nossos caminhos não voltem a se cruzar,a partir de hoje estaremos na mesma estrada. Custe o que custar. Até o fim. É isso que espero..

sábado, 9 de outubro de 2010


Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."

Lennon



segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Volto para casa mais triste do que nunca.Só quero saber por que Deus coloca em nossas vidas as impossibilidades.Eu pego a caneta.Quero escrever.Preciso escrever.De novo.Escrevo como uma alucinada.Letra por letra,palavra por palavra,sentença por sentença,parágrafo por parágrafo,página por página,capítulo por capítulo.Mas nada que presta.Eu rasgo,escrevo de novo.Rasgo e escrevo de novo.Rasgo,rasgo,rasgo... Quero rasgar a minha vida e escrever de novo.Letra por letra,palavra por palavra,sentença por sentença,parágrafo por parágrafo,página por página,capítulo por capítulo.Mas não posso.Não consigo.
Onde foi que eu errei? Quando as coisas começaram a dar errado? Por que é que a única coisa que sobra foi essa minha imagem patética?
Abro a garrafa.Quero entrar dentro dessa garrafa e nunca mais sair.Bebo no gargalo.O whisky desce queimando a minha garganta.Nunca essa bebida me pareceu tão amarga.Não conheci nenhuma posse na minha vida a não ser a dor.É só isso que resta no fim? Onde estão meus sonhos? Onde está a verdade que sempre me escapa? Onde está a vida quando eu preciso? Por que tudo se resume agora neste quarto vazio com meia dúzia de certezas empoeiradas nas estantes e a solidão do tamanho do mundo?
Eu risco o fósforo.A próximo dos papéis.Vou testar a consistência deste whisky.Será que pega fogo?
Para que essa merda de vida se eu nem consigo me comunicar com as pessoas que amo? A dor da impossibilidade e a minha importância diante das coisas.Não preciso mais disso.Quem estou querendo enganar? Ideias mirabolantes de uma fracassada.Mas não pode ser.É só isso que eu sou? Estou mal.Muito mal.Se no começo eu precisavas de alguém que me trouxesse a vida,agora preciso de alguém que remova os meus pensamentos suicidas.Eu risco o fósforo e não é para acender o cigarro.Quero dar um fim nisso.Não aguento mais ter esperança.Na minha situação,ter esperança me magoa muito mais do que não ter.Boto os papéis no balde de latão.Jogo o fósforo lá dentro.Eu bebo ainda mais.Antes que eu possa continuar,eu adormeço outra vez.
O que mais poderia acontecer,a não ser uma dolorosa e amarga separação? O que poderia reavivar esse amor que já virou água? A minha voz embargada,que vira eco sem fim,em que madrugada poderia dizer que despertarei da minha infinita insônia? E,embriagada de sonho,sem saber se estava sonhando ou dormindo,eu ainda procuraria por seu rosto por muitos,mas muitos anos,mas desta vez sabendo que não é mais possível.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

* Tudo começou em uma noite.No entanto,esta noite foi muito mais para mim,foi a noite que te conheci.Mal sabia eu que está seria a noite que mudou para sempre a maneira que eu olhava para o amor.Eu sabia que você era diferente.Nossa conversa foi triste e sem sentido,mas foi o suficiente para me fazer querer mais.Eu queria saber tudo o que havia para saber sobre você e muito mais,eu não tinha descoberto as qualidades verdadeiramente maravilhosa que faz você tão diferente,o meu coração estava batendo no meu peito.À medida que fazemos contato com os olhos,todos podiam ver a emoção em nossos rostos,ambos queria um ao outro.Uma coisa levou à outra e que se transformou no nosso primeiro beijo,o mundo em nossa volta desapareceu.Está foi uma sensação de êxtase que eu nunca tinha experimentado antes.Eu era viciada e queria mais.Você se tornou a minha maior motivação na vida.Eu faria qualquer coisa para você,você é nada menos que incrível.

I love you,I just wish you knew much.

terça-feira, 14 de setembro de 2010





I'm so tired of being alone so hurry up and get here.
i'm lost and weird without you here

The ways she dumped were different each day. On Fridays I was her basketball, fiercely smashed into the ground, just to shoot right back into her arms. Or a boomerang she would throw as far as she could, so she always knew I would come back. On Saturdays she would ask me to sit down, look me in the eyes and say with a deep sigh that there just wasn't a future for us. That we were too different. It's not you it's me, or rather, it's not you or me, it's us. And on Sundays she cried, hungover on my bed, sobbing that she wasn't good enough for me, that I deserved someone better. And then there was the quiet day on Monday, when I took a time-out from our relationship and had a beer with my working mates and she would be at work, or at her place, wondering why I didn't call her. Then on Tuesdays things would be alright again.


O estranho do amor é que pode fazer com que o coração dispare alucinado num momento e estanque, no outro. O estranho do amor é que pode fazê-la rir e em seguida chorar. O estranho do amor é que não é justo: você pode ser amada por alguém a quem não ame e pode amar alguém que não corresponda ao seu amor. O estranho do amor é que sempre vale a pena, e o estranho do amor é que sempre está aí, em alguma parte, em sua vida. O estranho do amor é que você precisa acreditar nele para que seja certo e o estranho do amor é que, ainda que você tenha uma história diferente da que você esperava, de alguma maneira, tudo se resolve. O amor é estranho, não é mesmo? Mas confie nele. Tudo ficará bem..."

Só Para Garotas - Ashley Rice

sexta-feira, 10 de setembro de 2010


*
Que seja dor ou prazer,percebi que tudo que eu quero é sentir emoções reais.


Não pensei que o poder criativo vem da alegria.Alegria é sensação de plenitude.Você não poderá criar nada com isso.Agora,a tristeza,o desespero e a miséria,isso sim é a verdadeira fonte de inspiração.



' "Aventura de verdade não acontecem às pessoas que ficam dentro de casa.Devem ser buscadas mundo a fora"

domingo, 29 de agosto de 2010


I feel oh, so glamorous, looking super fabulous. Sometimes I'm insecure, something I can't ignore, try my best to handle it. I'm just a girl next door. I can hear the rumors take off, but I don't even care, no!!
In life, it's making me stronger! Inside, you know I'm just like you, and I do the same things you do

segunda-feira, 16 de agosto de 2010


* Eu jurei amor eterno (L

* Mesmo porque aprendi que a única maneira de controlar a minha melancolia é continuar sonhando.

Preciso encontrar alguém que me traga de volta para a vida.Penso enquanto subo a escada rolante.Sabe,sou uma daquelas pessoas que nasceram com um buraco no peito.Por isso,sempre me pergunto se exite um lugar neste mundo para pessoas como eu.

Se você for tentar,tente de verdade.Caso contrario nem começe.Isso pode significar perder namoradas,esposas,parentes e empregos.E talvez a sua cabeça.Isso pode significar congelar num banco de praça.Isso pode significar gozação.Isso pode significar escárnio,isolamento.Isolamento é uma dádiva.Todo o resto é teste de sua resistência.De quanto você realmente quer fazer isso.E você vai fazer isso,enfentando rejeições das piores especies.E isso será melhor do que qualquer coisa que você já imaginou.Se você for tentar,tente de verdade.Não há outro sentimento melhor que isso.Você estará sozinho com os deuses.E as noites vão arder em chamas.Você levará sua vida direto para a risada perfeita.Esta é a única boa briga que existe.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010


O amor de verdade não é ideal porque é de verdade.É o amor construido todos os dias com nossos gestos.O amor que cuida,seduz e surpreende.Sem regras ou modelos,do jeito de cada um.


* Queria uma noite especial e imaginei que um prato apimentado seria um otimo começo.Mas exagerei tanto na pimenta,que nem jantamos.Tudo bem sobrou mais tempo para a noite especial

quinta-feira, 12 de agosto de 2010


É engraçado como a maioria dos grandes romances acabam. Como em Romeu e Julieta, ou Titanic. E o que parecia ser pra sempre, durou menos tempo do que se previa. O que era realmente muito intenso, ficou apenas na memória de alguém. Ou então, no caso de Shakespeare, de ninguém. Pode restar a dor, e a saudade por alguma parte. Estamos sempre idealizando alguém, ou um romance, que não existe. Ser racional não é preferível a entregar seu coração pronto pra alguém poder acariciá-lo ou despedaçá-lo a qualquer momento? Qual o propósito disso tudo afinal? O fato é de que, ainda que fomos, somos ou vamos ser machucados, não muda nada. Porque afinal, a entrega é muito melhor que a recusa. E aquela coisa de felizes para sempre? Caso você ainda não tenha entendido, isso provavelmente não existe. Mas se você for inteligente o suficiente, vai conseguir fazer e se fazer feliz ao lado de alguém, até o dia em que essa felicidade puder durar. E se for mais ainda, vai prolongar essa felicidade até seu último dia.

*
No fundo de cada alma há tesouros escondidos que somente o amor permite descobrir.


Use o amor, porque um grão de amor,
remove uma montanha de ódio.

É incrível como uma pessoa pode partir seu coração e mesmo assim você continua amando-a com todos os pequenos pedaços.



Sorria bonito ; e deixe os outros quererem descobrir qual é o segredo que faz você rir
 
temas blogspot - mario jogos